GRANDE PRÉMIO DE TEATRO PORTUGUÊS 2020

Não me faças perder tempo, de Luís António Coelho

Declaração do Júri do Grande Prémio de Teatro Português SPAutores/Teatro Aberto – 2020

Não me faças perder tempo é a peça galardoada pelo júri do Grande Prémio de Teatro Português SPAutores / Teatro Aberto 2020.

De entre os 28 textos inéditos a concurso, o júri presidido por João Lourenço e constituído por Francisco Pestana, Luís Filipe Costa, Marta Dias, Rui Mendes, Tiago Torres da Silva e Vera San Payo de Lemos, elegeu o texto Não me faças perder tempo, da autoria de Luís António Couto Coelho.

As medidas de prevenção contra a pandemia obrigaram ao cancelamento da cerimónia do Dia do Autor Português, data em que o prémio é normalmente atribuído. Não obstante, em breve a SPAutores anunciará a nova data para a entrega do galardão ao autor.

Conforme inscrito no regulamento, a peça distinguida será levada a cena no Teatro Aberto e editada, com o apoio da SPAutores, pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda.