Sinopse Voltar

Rastos-Sala Vermelha


Data de Estreia: 2002-05-24

Peça Vencedora do Grande Prémio de Teatro Português de 2001

Autor: António Ferreira



Dramaturgia: Paulo Filipe

Cenário: José Fragateiro | Vera Castro

Música: Paulo Curado

Apoio ao movimento: Aldara Bizarro

Luz: Melim Teixeira

 
Encenação: Paulo Filipe


Interpretação: Alexandre Pinto | Anabela Teixeira | Filipe Cochofel | Karas
 

Sinopse

Este espectáculo expõe a vida de quatro jovens que habitam provisoriamente um prédio emparedado de Lisboa. Neste retrato encontramos Laura e João, que vivem uma história de amor, Luís, um lobo solitário, que controla o precário prédio, e o recém-chegado Pedro, o inquilino mais inocente, que diz ter escrito livros.
Rejeitados pela sociedade, todos eles procuram entre aquelas paredes e nos rastos de si próprios maneiras de sobreviver.

CRÍTICAS

“Teatro inédito, em português e contemporâneo: um luxo que devemos à generosidade de quem o escreveu e de quem o quis dar a ver.” – 31/05/2002 – Diário de Notícias (Miguel-Pedro Quadrio)

“Para além de um trabalho de actores francamente honesto, são de salientar a cenografia e os figurinos de Vera Castro e de José Fragateiro, francamente interessantes. “ – 22/06/2002 – Expresso Cartaz (J.C.)