Sinopse Voltar

Omnisciência-Sala Azul


Data de Estreia: 2008-06-11

Título Original Omniscience

Autor  Tim Carlson

 

Tradução e Dramaturgia  Nuno Carinhas | Pedro Filipe Marques

Cenografia e Figurinos  Nuno Carinhas

Realização, Fotografia e Montagem  Pedro Filipe Marques

Luz  Melim Teixeira

Sonoplastia  Francisco Leal

 

Encenação  Nuno Carinhas

 

Interpretação  Albano Jerónimo | Cristina Carvalhal |  Inês Rosado | João Reis

 

 

Sinopse: Quantas liberdades se perderam desde que, com a ameaça do terrorismo, a segurança dos indivíduos a oferta de protecção passaram a estar na ordem do dia? As paredes ganharam olhos e ouvidos, não há movimento nem voz que fique por registar, não só na esfera pública, mas também na esfera privada.Programas informáticos e as chefias militares não concebem pensamentos ou acções que não se enquadrem nos esquemas definidos à partida e os media aguardam material para os habituais programas de impacto, notícias e directos.Traçando um ambiente de suspeição e mistério, o autor canadiano Tim Carlson apresenta em Omnisciência, estreada em 2004, uma análise do mal-estar civilizacional pós 11 de Setembro sem perder de vista que o amor continua a existir e com ele a vontade de lutar por uma vida e um mundo diferentes.

 

 

 

CRÍTICAS

 

 

“…trabalho exemplar dos actores…” – 25/06/2008 – Time Out (Rui Monteiro)

 

“Uma cuidadosa distribuição das personagens por um elenco coeso e artisticamente comprometido…”;“Equipa rigorosa e criativa, aberta à experimentação…” – 16/07/2008 – JL (Helena Simões)

 

“Um elenco de luxo…” - 2008 –Time Out (Bárbara Cruz)

 

“…reúne um elenco de luxo para um espectáculo que vive da tensão e das diferenças entre as personagens…” – 18/06/2008 – Time Out