O Pai

  de Florian Zeller

Apresentada na Sala Azul do Teatro Aberto de 14 de Dezembro de 2016 a 12 de Março de 2017.


 Esteve em cena no Teatro Aberto o espectáculo O Pai, com texto de Florian Zeller e encenação de João Lourenço. Tivemos a honra de ter como espectadores ao longo da carreira da peça,
 Sua Excelência o Presidente da República, o Primeiro Ministro, Ministro da Cultura, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa o autor do texto, o dramaturgo francês Florian Zeller , entre muitos outros que se sentaram na plateia para aplaudir este espectáculo. (reportagem em vídeo e fotografias em http://www.teatroaberto.com/detalhe_peca.php?cd_cena=121)

 SINOPSE

Não sabe onde deixou o relógio e em que casa está. Suspeita que o andem a roubar e lhe queiram ficar com a casa. O tempo, o lugar, as pessoas, o mundo à sua volta tornam-se cada vez mais estranhos. Quem está esquecido, confuso, errado? O pai? A filha? O genro? Os outros, que aparecem para ajudar?

No labirinto em que a vida se transformou, são muitas as encruzilhadas porque as grandes questões da existência irrompem na normalidade do quotidiano. É preciso encontrar soluções para a perda de autonomia, o desvanecer da identidade e a solidão. E continuar a viver.

 

FICHA ARTÍSTICA

Versão João Lourenço | Vera San Payo de Lemos

Dramaturgia Vera San Payo de Lemos

Encenação João Lourenço

Cenário António Casimiro | João Lourenço

Figurinos Dino Alves

Luz Alberto Carvalho | João Lourenço

Vídeo Luís Soares

  

COM Ana Guiomar | João Perry | João Vicente | Patrícia André | Paulo Oom | Sara Cipriano  


 Mais Informações